quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

D. Pedro IV

Dom Pedro IV de Portugal, I do Brasil   - Rei de Portugal  e imperador do Brasil - nasceu em Lisboa no dia 12 de Outubro de 1798. Herdeiro da coroa portuguesa em 1801, era filho de D.João VI e de D. Carlota Joaquina. Foi para o Brasil com 9 anos de idade. Isso ocorreu em 1808, aquando das invasões francesas a  Portugal.
Em Março de 1816, com a elevação de seu pai a rei de Portugal, recebeu o título de príncipe real e herdeiro do trono. No mesmo ano casou-se com Carolina Josefa Leopoldina, arquiduquesa da Áustria.
A família real retornou à Europa a 26 de Abril de 1821, ficando D. Pedro como Príncipe Regente do Brasil. A corte decretou então que o Príncipe retornasse a Portugal. Esta decisão provocou um grande desagrado popular e D. Pedro resolveu permanecer no Brasil. Isso desagradou às Cortes que suspenderam o pagamento dos seus rendimentos. Mesmo assim resistiu, naquele que ficou conhecido como o "Dia do Fico" (09/01/1822).
A 7 de setembro de 1822, junto ao rio Ipiranga, o herdeiro de D. João VI resolveu romper definitivamente contra a autoridade paterna e declarou a independência do Império do Brasil, rompendo os últimos vínculos entre Brasil e Portugal.
De volta ao Rio de Janeiro, foi proclamado, sagrado e coroado imperador e defensor perpétuo do Brasil. Com a morte de D. João VI, decidiu contrariar as restrições da constituição brasileira, que ele próprio aprovara, e assumir como herdeiro do trono português, o poder em Lisboa como Pedro IV, 27º rei de Portugal.
Foi a Portugal e, constitucionalmente não podendo ficar com as duas coroas, instalou no trono a filha primogénita, Maria da Glória - então com sete anos - como Maria II, e nomeou regente o seu irmão, Dom Miguel. 
Entretanto, Dom Miguel usurpa o trono e D. Pedro trava com o seu irmão uma guerra civil que durou mais de dois anos. D.Pedro criou uma força expedicionária nos Açores (1832), invadiu Portugal, derrotou o irmão usurpador e restaurou o absolutismo.
No entanto, voltara tuberculoso da campanha e morreu no palácio de Queluz, na mesma sala onde nascera, com apenas 36 anos de idade, em 24 de setembro de 1834. 
 O nome de baptismo de Dom Pedro I é : Pedro de Alcântara Francisco Antônio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbon".





Sem comentários:

Enviar um comentário